terça-feira, 26 de agosto de 2008

Sobre saudade

"A saudade te deixa com fome. Fome daquele sorriso. Dos abraços silenciosos. Das mãos cúmplices. Dos olhares ternos. De ficar vendo o outro dormir. Dos beijos. Da cabeça encostada no peito; do barulho do coração batendo." - Clarissa Corrêa

Eu preciso de você por inteiro, sentir o celular vibrando e escutar a música especial que é unicamente sua e, esperar que chame umas quatro vezes para que você pense que eu não quero atender, para só então dar-te um “alô” como quem não quer nada e ao mesmo tempo deseja tudo. E ficar ali, conversando – quem sabe marcando alguma coisa.

Eu preciso sentir teu cheiro, é dele que eu tenho saudade. Não exatamente de você, mas da sensação que tenho quando fico ao teu lado, da vontade de ficar pra sempre dentro do abraço apertado que você me dá.

E eu sinto falta do teu olhar apertado, da tua boca pequena e das palavras sussurradas aos poucos, sem medo. Da nossa vontade de olhar um para o outro, parece até necessidade, de ficar “olhos-nos-olhos” e esquecer das estrelas, do vento, de tudo. Sinestesia? É, quando eu consigo sentir tuas palavras e teu olhar penetrante, o teu sorriso é, na verdade, conseqüência disso tudo.

3 comentários:

Aline disse...

"A saudade te deixa com fome. Fome daquele sorriso. Dos abraços silenciosos. Das mãos cúmplices. Dos olhares ternos. De ficar vendo o outro dormir. Dos beijos. Da cabeça encostada no peito; do barulho do coração batendo."

boa, Ingrid :}











sinto saudades de quem tá longe =/

Engel disse...

Grande é a dor dos românticos não nascidos no século XIX ^^
Mas podemos conviver com isso, não?

Kondlike disse...

"Não exatamente de você, mas da sensação que tenho quando fico ao teu lado, da vontade de ficar pra sempre dentro do abraço apertado que você me dá".
Muito sagaz é esse trecho - é o amor honesto e sincero. Amar a si mesmo é a única possibilidade: é uma das formas mais fortes de se apegar ao ego, é amar o desejo próprio e sentir a necessidade da presença daquele que tanto nos deseja também.
Muito bom ^^