sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Informe de la CIA

Bush envía un agente de la CIA a Cuba para que estudie la situación y le haga un informe.
Después de una visita clandestina el agente escribe el siguiente informe:

“En Cuba no existe desempleo, pero nadie trabaja. Nadie trabaja, pero se cumplen todas las metas productivas. Se cumplen todas las metas productivas, pero no hay nada en las tiendas. No hay nada en las tiendas, pero las personas consiguen vivir. Las personas consiguen vivir, pero no cesan de protestar. No cesan de protestar, pero van a la Plaza y aplauden a Fidel. Aplaude a Fidel, pero le piden a Dios que se lo lleve."


---

Como se poderia pedir a um neoliberal americano para analisar uma sociedade em que todos têm trabalho, lazer, moradia e comida? É uma ofensa. O sonho americano prega o superconsumo e a exacerbação. Como diabos eu, que tenho três sabonetes, posso dar um a meu vizinho? É óbvio que eu preciso de três sabonetes hoje e precisarei de mais ainda amanhã!

7 comentários:

Engel disse...

Bem, se você quiser eu posso trocar um sabonete por uma lâmina de barbear. Perdi a minha hoje cedo, creio.

Anônimo disse...

Pode ser. Lâmina de barbear! Quem precisa disso?

Matteo disse...

erm, não que Cuba seja exatamente um paraíso, mas tudo bem, o anti-capitalismo é o que vale :D

Kondlike disse...

O neoliberalismo é uma piada de muito mau gosto que foi levada muito à sério - demais, até.
O problema do capitalismo não é o próprio capitalismo e suas contradições, mas a humanidade. É esta que já ganhou poder demais e deve ser destruída.

Matteo disse...

make a change, kill yourself...

bi0hazard disse...

O mais triste é ver a distorção da consciência pessoal e coletiva, totalmente influencidas pela mídia (associada e patrocinada pelos sistemas neo-liberais, a fim de fazer auto-propagandas). Distorcem a idéia de socialismo (para baixo) e distorcem a visão do capitalismo (para cima). Viva o marketing.

Fernanda Eggers disse...

Ora, sabonetes...
Mas é claro que você precisará sempre de mais deles!
Afinal, não são pra usar, são pra fazer coleção... Oo